“O Desfecho Sinistro de Mergulho Noturno A Vingança da Família Waller e a Tradição Macabra no seu Âmago”

“ATENÇÃO: O artigo a seguir contém spoilers pesados do filme Mergulho Noturno”

O desfecho de Mergulho Noturno deixa espaço para interpretação, mas também conclui de maneira melancólica. Depois que Eve Waller

parte para visitar a mãe de Rebecca, Kay, ela desvenda a verdade perturbadora por trás da morte de Rebecca, revelando que não foi um

acidente. A piscina dos Waller foi erguida sobre uma nascente que concedia desejos, porém exigia um sacrifício em troca. Kay desejou a cura

de seu filho, Thomas, para que ele pudesse realizar grandes feitos. Contudo, ao ser influenciada pela nascente, Kay sacrificou Rebecca nas

águas. Ao retornar para casa atormentada, Eve se depara com a ausência de Elliot, já levado para as profundezas da piscina.

Desesperada, Eve se lança para resgatá-lo, enquanto Izzy enfrenta Ray, agora possuído pela influência da nascente. Neste momento crítico,

Ray está disposto a tudo para garantir o sacrifício de Elliot, chegando até mesmo a confrontar Izzy. Embora Eve consiga encontrar Elliot, ela

é atacada pelos espíritos das águas. Por sorte, Rebecca intervém e Eve consegue emergir à superfície. Entretanto, a nascente penetra em

Elliot, forçando Ray a salvar seu filho. Assim, Mergulho Noturno encerra o conto dos Waller, lançando um olhar para o futuro, sem

oferecer uma cena pós-créditos.

 

|    RELACIONADO:

A Primeira Profecia: Final explicado

 

História da piscina do Mergulho Noturno explicada

A piscina é alimentada por uma fonte antiga

Amélie Hoeferle dá um mergulho na água no Night Swim da Blumhouse

O Mergulho Noturno se destacava graças à sua piscina, alimentada pelas águas de uma nascente que existia há tempos. Segundo a versão

possuída de Kay, essa água da nascente possuía propriedades mágicas. Funcionava como uma espécie de poço dos desejos, realizando os

anseios das pessoas que a ela recorriam. Contudo, havia um preço a pagar, já que a água da nascente não concedia desejos de maneira

gratuita. Exigia um sacrifício em troca, perpetuando assim o ciclo. Antes que um desejo pudesse ser atendido, porém, a água da nascente

precisava entrar em contato com alguém cujo desejo fosse genuinamente poderoso.

Essa água tinha o poder de manifestar objetos que atraíam as pessoas antes de prendê-las em seu domínio. Ray foi o primeiro a ser atraído

pela piscina ao ver uma bola de beisebol flutuando, e foi nesse momento que a água da nascente decidiu satisfazer seu desejo. Devido à

antiguidade da fonte, não está claro quando essa capacidade de realizar desejos teve início, mas ao longo das gerações, fez várias vítimas.

Uma vez que o sacrifício era feito, a pessoa cujo desejo fosse concedido desfrutaria de uma vida de sucesso, mas a piscina continuaria a

aterrorizar as famílias enquanto existisse.

 

NOTA:

“Night Swim faz alusão a outra família que morava lá depois que Kay e Thomas se mudaram, mas a piscina permaneceu sem uso por causa do afogamento de Rebecca.”

 

Por que a água da nascente escolheu Elliot como sacrifício

A água escolheu Elliot em vez de Izzy

Elliot Waller enlouquece durante um mergulho em Night Swim

A água proveniente da nascente, que selecionou Elliot como o alvo do sacrifício na saga da família Waller, foi uma escolha meticulosa. Elliot

se destacava no beisebol, um esporte que vinha fácil para seu pai, enquanto Izzy demonstrava habilidades excepcionais na natação e em

outras áreas. Enquanto isso, Eve representava a estabilidade na família e nutria suas próprias aspirações, incluindo o desejo de ensinar

educação especial. Apesar de toda a família ter sido exposta à influência da água antes de esta lançar suas táticas intimidadoras contra Elliot,

ele foi selecionado como sacrifício devido à sua vulnerabilidade em comparação aos demais.

Elliot foi visto como dispensável, ao passo que Ray, sendo uma estrela do beisebol, ainda poderia alcançar sucesso se retornasse ao esporte.

Em contrapartida, Elliot não teria essa mesma chance, e o desejo de Ray de retomar sua carreira no beisebol implicava que um de seus filhos

seria sacrificado para sustentar o poder da água. A dificuldade de Ray em se conectar com seu filho e sua tendência a favorecer a filha

desempenharam um papel crucial na seleção de Elliot como o sacrifício, assim como os anseios de Kay para Thomas significavam que

Rebecca teria que pagar com sua vida.

 

Por que Ray se sacrifica e o que isso significa para a família Waller

A morte de Ray no Mergulho noturna explicada

Ray Waller dá um mergulho noturno em Night Swim

Ray optou pelo sacrifício no desfecho de Mergulho Noturno porque priorizava o amor por sua família sobre sua paixão pelo beisebol.

Abandonar sua vida anterior foi uma decisão difícil, especialmente ao perceber que já não encontrava o mesmo propósito que o esporte lhe

proporcionava. A purificação pela água da nascente trouxe clareza a seus pensamentos, levando-o a compreender que não poderia recuperar

sua carreira no beisebol se isso significasse a morte de Elliot. No fim das contas, Ray era um homem de família, e seu filho era sua prioridade

máxima.

O ato de sacrifício de Ray deixou um impacto devastador na família, que agora enfrenta um período de luto enquanto tenta reconstruir suas

vidas. Permanecer na casa não apenas protegeu outras famílias de enfrentarem o mesmo destino, mas também permitiu que os Wallers se

mantivessem próximos à memória de Ray. Agora que a piscina não representa mais uma ameaça, os Wallers podem seguir adiante, embora

conscientes de que suas vidas nunca mais serão as mesmas. Provavelmente, terão que lidar com questionamentos sobre o destino de Ray,

mas o sacrifício dele garante a segurança de sua família.

 

A razão pela qual Rebecca ajudou Eva enquanto os outros espíritos não

Nem todo espíritono Mergulho Noturno é mau

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights