“O Inesperado Laço entre o Severo Professor Paul Hunham e o Aluno Problemático Angus Tully Durante as Férias de Natal”

“ATENÇÃO: este artigo contém spoilers importantes para o filme “Os Rejeitados”

No desfecho de “Os Rejeitados“, o professor Paul Hunham (interpretado por Paul Giamatti) mente para o Dr. Woodrup e os pais de Angus Tully (vivido

por Dominic Sessa) para evitar que o jovem seja enviado para uma academia militar. Embora Hunham e Tully tenham começado com uma relação de

antagonismo,

durante as férias de Natal, eles desenvolvem um laço que transforma suas vidas para sempre. O filme, dirigido por Alexander Payne e escrito por David Hemingson,

apresenta performances de Paul Giamatti, Dominic Sessa, Da’Vine Joy Randolph, Carrie Preston, Andrew Garman, entre outros.

Angus Tully (interpretado por Dominic Sessa) planeja passar suas férias de Natal de 1970 na praia de St. Kitts, mas seus planos são frustrados quando sua mãe e

padrasto decidem deixá-lo no internato Barton durante as festas para aproveitarem uma lua de mel tardia. Dado o seu histórico de problemas comportamentais,

incluindo suspensões de várias escolas, ficar preso com o professor Paul Hunham (interpretado por Paul Giamatti), a quem ele despreza, parece ser uma receita

para o desastre. No entanto, apesar da situação volátil, Hunham e Tully desenvolvem um vínculo improvável. No desfecho emocionante, quando Angus enfrenta a

ameaça de suspensão e de ser enviado para uma academia militar, Hunham assume a responsabilidade, sacrificando seu emprego para proteger Tully.

 

|   RELACIONADO:
O Alfaiate: final explicado – Quem é ‘O Rato’?

 

Por que Hunham mentiu para Woodrip para proteger Tully

Como ex-aluno de Barton, Hunham valoriza a integridade da instituição, o que o torna um professor notoriamente rigoroso, com padrões de avaliação

extremamente elevados. Ele não cede nem mesmo às pressões do diretor, Dr. Hardy Woodrip (interpretado por Andrew Garman), que busca favorecer os filhos

de influentes doadores da escola. Hunham reitera constantemente que “os homens de Barton não mentem”, porém faz várias exceções a essa regra em relação a

Angus, especialmente no desfecho, quando mente ao afirmar que foi ideia dele que Angus visitasse seu pai no sanatório. Essa mentira impede que Angus seja

enviado para a academia militar (e possivelmente para o Vietnã), mas resulta na perda do emprego de Hunham.

O Paul Hunham inicialmente apresentado em “Os Rejeitados” jamais teria comprometido sua ética pessoal dessa forma, muito menos por um aluno. Portanto,

essa transformação é significativa para ele. Vale ressaltar que, apesar dos problemas disciplinares de Angus, ele é um dos poucos alunos que passa no teste inicial

distribuído por Hunham. No entanto, é somente à medida que o relacionamento pessoal entre eles evolui que Hunham demonstra verdadeiro favoritismo por

Angus. Durante a viagem a Boston, conforme se conhecem melhor, Hunham reconhece o potencial de Tully e enxerga nele algo de si mesmo.

“Os homens de Barton não mentem”, a menos que seja para sacrificar suas carreiras por Angus Tully.

Apesar de ter cuidado do ombro deslocado de Angus no hospital, de compartilhar o Natal juntos e de concordar em viajar para Boston, Hunham continua sendo

rígido com Tully. No entanto, o ponto de virada ocorre quando Hunham descobre que Angus tem uma receita para Librium, o mesmo medicamento que ele

próprio toma para tratar sua depressão. Nesse momento, Hunham começa a compreender que o comportamento de Tully é, em grande parte, resultado de sua

difícil situação familiar. Dado que enfrentou lutas semelhantes que o levaram à expulsão de Harvard, e só foi resgatado por um mentor benevolente em Barton,

Hunham percebe o valor crucial de oferecer apoio a Tully. Essa compreensão o leva a sacrificar sua carreira em prol do futuro do jovem.

 

Como a história de Mary Lamb é essencial para salvar Angus

The Holdovers se concentra em Angus Tully e Paul Hunham, mas na verdade é sobre Curtis Lamb.

Embora o enredo principal de “Os Rejeitados” se concentre no vínculo entre Paul Hunham e Angus Tully, a presença de Mary Lamb (interpretada por Da’Vine

Joy Randolph) é fundamental para destacar o que está em jogo para o futuro de Angus. O filho de Mary, Curtis, foi um ex-aluno de Barton que não desfrutava

dos privilégios concedidos aos outros estudantes da escola por ser filho de uma mãe solteira negra. Apesar de suas boas notas, eles não tinham recursos para custear

a faculdade, o que resultou na impossibilidade de adiar seu recrutamento militar. Curtis foi enviado para o Vietnã, onde acabou perdendo a vida em combate.

No entanto, Mary permaneceu em Barton porque era o último lugar onde ela e Curtis estiveram juntos.

“Os meninos Barton não vão para o Vietnã.”!  “Exceto Curtis Lamb.”

 

Após um encontro impactante com um veterano ferido do Vietnã em um bar, Hunham tenta fazer Tully encarar seu privilégio ao afirmar: “Os meninos de Barton

não vão para o Vietnã”, ao que Tully responde com a realidade dolorosa: “Exceto Curtis Lamb“. No desfecho de “Os Rejeitados”, quando Hunham se dirige ao

consultório do Dr. Woodrip, Mary permanece do lado de fora da porta, segurando a mão de Tully. Como mãe do único aluno de Barton que serviu no Vietnã, ela

compreende profundamente as consequências caso Tully seja enviado para uma academia militar. Através do relacionamento tanto com Mary quanto com Angus,

Hunham reconhece que os riscos vão além da educação de Tully e, por isso, assume a culpa pela situação perante o pai de Angus.

 

Por que Hunham cuspiu o conhaque no final

A primeira cena entre Hunham e Woodrip na sala do diretor estabelece uma clara dicotomia entre os dois homens de Barton. Ambos são ex-alunos, porém

Hunham é um pouco mais velho e já foi professor de Woodrip. Enquanto o escritório de Woodrip é muito mais luxuoso que o de Hunham, com uma garrafa de

conhaque Louis XIII em sua mesa – um presente da diretoria da escola avaliado em milhares de dólares em 2023 -, Woodrip instiga Hunham a aplicar critérios de

avaliação mais brandos para os filhos de figuras influentes de Barton, algo que Hunham se recusa a fazer, pois isso comprometeria a integridade da instituição,

diminuindo o significado de ser um “homem de Barton”.

“Foi um bocado de álcool muito caro.”

No desfecho do filme, Hunham finalmente aprende a abrir mão de seus padrões rígidos, mas não para beneficiar alguém da elite política de Barton. Em vez disso,

ele mente para proteger Angus Tully, um dos poucos alunos da escola que realmente reconhece o seu privilégio. Após perder o emprego, Hunham se vê em uma

encruzilhada ao deixar o campus de Barton, momento em que é revelado que ele roubou a garrafa de conhaque do escritório de Woodrip. Antes de seguir seu

caminho para longe de Barton pela primeira vez na vida adulta, ele toma um gole de conhaque e o cospe, um último gesto de desrespeito à instituição que antes

moldara sua ética inabalável.

 

O final remanescente e o verdadeiro significado explicados

O enredo central de “Os Rejeitados” concentra-se nos arcos dos personagens de Paul Hunham e Angus Tully, mas é o contexto de Curtis Lamb e sua mãe

enlutada, Mary, que confere significado à história como um todo. Na cena inicial do jantar, Hunham perde a paciência com Teddy Kountze (interpretado por

Brady Hepner) por ele ter “nascido com sorte” e não compreender a situação de Mary. Tanto Hunham quanto Tully enfrentam adversidades, mas, como

Kountze, também foram privilegiados desde o nascimento, embora possam ter uma apreciação mais profunda desse fato.

“Ser um verdadeiro “homem Barton” significa reconhecer que você nasceu com sorte.”

Curtis Lamb não teve a mesma sorte de escapar do recrutamento militar e do envio para o Vietnã. É através da amizade que Angus e Paul desenvolvem, não

apenas entre si, mas também com Mary, que Angus aprende a não dar sua oportunidade em Barton como garantida, enquanto Hunham percebe que pode usar

seu privilégio para oferecer uma segunda chance a Angus. O arco dos personagens dos dois protagonistas masculinos de “Os Rejeitados” permanece coeso graças à

amizade com Mary e ao contexto de Curtis. Sua presença na história é o que distingue Angus Tully e Paul Hunham de Teddy Kountze e dos outros “homens

sortudos” de Barton.

Os regeitados está sendo transmitido pelo Aplle Tv +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights