Tudo é sobre coelhos

“A Favorita” já está disponível na Netflix no Reino Unido e na Irlanda, e seja esta sua primeira visualização ou uma revisita, a intrigante cena final pode suscitar algumas dúvidas.

Sob a direção de Yorgos Lanthimos, o filme testemunhou Olivia Colman conquistar seu primeiro Oscar por seu papel como Rainha Anne, que se vê no meio de uma batalha entre sua confidente

próxima, Lady Sarah (Rachel Weisz), e a recém-chegada serva Abigail (Emma Stone).

Ambas almejam se tornar as favoritas de Anne após Sarah tomar Abigail sob sua proteção. Contudo, mesmo após o desfecho da contenda, o vencedor pode genuinamente se declarar vitorioso?

Para aqueles que questionam o que exatamente queremos dizer, vamos adentrar no desfecho de “A Favorita” para esclarecer tudo, inclusive a relevância dos 17 coelhos de Anne – um para cada

criança que ela perdeu – nessa trama.

 

|    RELACIONADO:

Top 10 Filmes de Romance Sombrio como O Lagosta

 

O final favorito explicado

Depois de Abigail se casar com o Coronel Masham para recuperar seu status como Baronesa, ela continua a conspirar para usurpar Sarah como a favorita de Anne. Surpreendentemente, ela

recebe ajuda de Sarah própria.

Sarah ameaça expor sua correspondência com Anne, revelando, assim, seu envolvimento sexual. Embora ela acabe não seguindo adiante com a ameaça, sua provocação irrita tanto a Rainha Anne

que ela decide exilar Sarah.

Na tentativa de reconciliação, Sarah envia uma carta de desculpas a Anne, mas Abigail intercepta a carta e a destrói. Além disso, ela informa a Anne que, em seu novo cargo como Guardiã da Bolsa

Privada, descobriu que Sarah estava desviando dinheiro.

Anne, desconfiando das afirmações de Abigail, usa a suposta descoberta como pretexto para exilar Sarah e seu marido, especialmente quando não recebe o pedido de desculpas esperado.

No entanto, Anne logo percebe o equívoco que cometeu. Assim que Sarah deixa o palco, Abigail rapidamente revela suas verdadeiras cores, ignorando Anne e aproveitando sua nova posição

privilegiada para seguir seus próprios interesses.

A gota d’água

O ponto de virada ocorre quando Abigail começa a maltratar um dos coelhos de Anne, cruelmente pisoteando-o. Ao testemunhar tal ato, Anne exige que Abigail massageie sua perna, agarrando

firmemente os cabelos de Abigail para se apoiar enquanto esta se recusa a obedecer.

Na cena final de “A Favorita”, Abigail involuntariamente massageia a perna de Anne, mas ambas exibem expressões de profundo descontentamento com a situação. Lanthimos então sobrepuja

seus rostos, seguido por uma imagem dos coelhos de Anne ao final do filme.

É um desfecho alucinante e sombrio, característico do estilo de Lanthimos, porém, pode deixar o espectador indagando sobre sua mensagem subjacente. Em essência, apesar de Abigail acreditar

que triunfou, ela se torna apenas mais um dos caprichos de Anne. Na verdade, ela é inferior aos coelhos, pois não pode preencher o vazio deixado pelos filhos perdidos de Anne.

Como Sarah disse a Abigail durante o confronto final antes de ser exilada: “Oh, você realmente acha que venceu”. Em resposta, Abigail provoca Sarah (“Não foi?”), ao que Sarah retruca,

informando-a de que “Estávamos jogando jogos completamente diferentes”.

 

Uma posição privilegiada

Apesar de todos os esforços de Abigail para recuperar seu status privilegiado, ela não possui poder sobre Anne, afinal, Anne é a Rainha. Sarah provavelmente tinha ciência disso, mas por manter

sua amizade com Anne, nunca foi tratada com a mesma crueldade demonstrada na cena final em relação a Abigail.

Embora Abigail possa parecer a mais infeliz, Anne também não está totalmente satisfeita com o desfecho de “A Favorita”. Ao eliminar a única pessoa que ao menos cuidaria dela, Anne a substitui

por alguém cujo único interesse é o poder.

A cena final de “A Favorita” captura Abigail e Anne aceitando seu novo acordo infeliz, que, na realidade, não beneficia nenhuma delas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights