Entenda o desfecho de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões

“ATENÇÃO: Este artigo contém spoilers importantes sobre o filme Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões

O desfecho de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões traz uma vitória para o grupo de heróis, ao mesmo tempo que abre caminho para mais aventuras futuras. Baseado no RPG de mesa renomado, o filme de 2023 é estrelado por Chris Pine, Michelle Rodriguez, Justice Smith, Regé-Jean Page e Sophia Lillis como um grupo de ladrões que se unem para recuperar uma relíquia há muito perdida enquanto enfrentam forças malignas. Hugh Grant também estrela Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões como Forge, um poderoso vigarista e ex-aliado de Edgin, Holga e Simon. Ao longo do filme, os ladrões partem em busca do Capacete da Disjunção, que pretendem usar para neutralizar a magia de Sofina, resgatar Kira e recuperar a Tábua da Ressurreição para a esposa de Edgin.

No desfecho de Honra Entre Ladrões, os personagens conseguem adquirir a Tábua do Despertar e resgatar Kira, mas se veem enfrentando Sofina para frustrar seu plano de subjugar o povo de Neverwinter. Durante a batalha, Simon domina seus poderes mágicos e o grupo derrota a Bruxa Vermelha Sofina, porém percebem que Holga foi gravemente ferida. Depois que Edgin utiliza a Tábua da Ressurreição para reviver Holga, o antigo Senhor de Neverwinter é restaurado, Forge é enviado para a prisão e o grupo de ladrões é aclamado como heróis por seus esforços. Com algumas pontas soltas resolvidas, o desfecho de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões também prepara possíveis sequências ao desenvolver os personagens para enfrentar seus conflitos internos.

 

|   RELACIONADO:

Maus Momentos no Hotel Royale: Final explicado – e grandes mistérios resolvidos

 

 

Por que Edgin escolhe ressuscitar Holga em vez de sua esposa

Michelle Rodriguez e Chris Pine em Dungeons & Dragons Honor Among Thieves

A principal motivação para a busca dos ladrões em Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões da Paramount foi ressuscitar a esposa de Edgin, Zia, com o tablet, já que ele carregava

consigo a culpa de sua morte há anos. Edgin até perdeu dois anos com sua filha por causa de sua busca incessante pela Tábua da Ressurreição, que ele achava que valeria a pena quando

trouxesse sua esposa de volta à vida. No entanto, depois de derrotar Sofina, sua melhor amiga e mãe substituta de Kira, Holga, foi morta em batalha, deixando-o com uma escolha quase

impossível de fazer. Ao perceber que finalmente era hora de deixar Zia ir, parar de se culpar pela morte dela e seguir em frente, ele e Kira usaram o tablet para ressuscitar Holga.

Embora Kira sempre tenha amado sua mãe, Holga foi quem efetivamente a criou e serviu como sua figura materna ao longo de sua vida, então ressuscitá-la foi a escolha certa para cada

personagem. Holga também sacrificou grande parte de sua própria vida antes de morrer para ajudar Edgin a criar Kira e procurar o tablet, então ressuscitá-la foi um grande pagamento por sua

lealdade. No final das contas, ressuscitar Holga foi um ato honroso que provou que Edgin estava usando o tablet pelos motivos certos, em vez de tentar aliviar sua culpa. Zia já estava ausente há

tanto tempo que Kira fez as pazes com seu destino, enquanto a morte de Holga poderia ser desfeita rapidamente sem o sofrimento de Kira perder mais uma mãe.

 

Por que Edgin vê a libélula novamente em homenagem ao final dos ladrões

Chris Pine como Edgin em Dungeons and Dragons Honor Among Thieves

Edgin frequentemente avista uma pequena libélula à distância em Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões, o que tem um significado simbólico importante. A libélula aparece pela primeira vez durante o funeral de Zia, seguida por momentos de sua aventura, em um flashback de quando Zia ainda estava viva e quando Holga morre. A libélula é uma representação da esposa de Edgin, Zia, e sua recusa em seguir em frente, já que a cena de flashback de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões para o casal vendo uma libélula incluía Zia dizendo que algumas coisas precisam ser abandonadas. Lembrando-se de suas palavras, Edgin avistando a libélula novamente no final de Honra Entre Ladrões finalmente o convence a deixá-la ir e salvar Holga.

 

Como Simon finalmente conseguiu que o capacete da disjunção funcionasse

Juiz Smith lançando um feitiço em Dungeons and Dragons Honor Among Thieves

O inseguro Simon luta para usar seus poderes mágicos em Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões, a menos que sua vida dependa disso, já que esses são os momentos em que ele consegue sair da cabeça e simplesmente pensar na sobrevivência. No início, Simon não conseguiu fazer o capacete funcionar porque precisava se sintonizar com ele, e seus próprios medos e inseguranças sobre seus poderes atrapalharam. Simon se via como uma decepção que não conseguia repetir a grandeza de seu ancestral Elminster Aumar, com sua autodepreciação atrapalhando seu próprio caminho.

No desfecho de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões, Simon é capaz de perceber o quão forte ele realmente é e que seus poderes são grandes se ele os permitir. Em outra situação de vida ou morte, Simon tira seu medo de não ser suficiente para usar o Capacete da Disjunção, domina sua magia e enfrenta a poderosa Bruxa Vermelha Sofina. A única coisa que impedia Simon de dominar seus poderes era ele mesmo, então sua confiança no final de Honra Entre Ladrões permite que ele seja o grande bruxo que ele se impediu de se tornar.

Doric e Simon são um casal agora? Por que ele finalmente conseguiu seu segundo encontro

Chris Pine como Edgin, o Bardo, Michelle Rodriguez como Holga, o Bárbaro, Justice Smith como Simon, o Feiticeiro, e Sophia Lillis como Doric, o Druida, confrontando o cubo gelatinoso em Dungeons & Dragons Honor Among Thieves
Simon originalmente ajudou a recrutar o druida tiefling em formato de urso-coruja Doric para a equipe de ladrões porque ele já teve um encontro com ela, embora o personagem Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões de Justice Smith ainda tivesse sentimentos por ela durante sua missão. Semelhante a como Simon finalmente foi capaz de dominar seus poderes, sua capacidade de finalmente acreditar em si mesmo e ganhar autoconfiança foi o que levou Doric a finalmente ter outro encontro com ele. Depois de reconhecer que a autoestima de Simon aumentou em sua busca, Doric foi convencido a permitir que ele a cortejasse novamente, sugerindo que os dois poderiam ser um casal em uma sequência de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões.

 

O que acontece com a forja agora? Ele pode retornar para Dungeons & Dragons 2?

Hugh Grant como Forge de joelhos em Dungeons and Dragons Honor Among Thieves
Depois de revelar que ele havia aprisionado o verdadeiro Senhor de Neverwinter, ajudado na tentativa de uma Bruxa Vermelha de fazer escravos zumbis e tentado roubar riquezas de pessoas ricas apostando nos jogos que ele está hospedando, Forge, personagem de Hugh Grant em Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões, foi enviado para a prisão. Ele foi trancado na mesma prisão que mantinha Edgin e Holga no início do filme, com Forge até tentando escapar da mesma maneira. No entanto, Forge ficará preso por algum tempo, sugerindo que ele não voltará para uma sequência de Dungeons & Dragons como vilão ou aliado.

 

As bruxas vermelhas foram derrotadas? Como D&D: Honra Entre Ladrões cria uma sequência?

Daisy Head em Dungeons & Dragons Honra entre ladrões

Enquanto Edgin, Holga, Simon, Doric e Kira derrotaram Sofina com sucesso em sua batalha final, o desfecho de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões sugere que há forças do mal ainda mais poderosas em jogo. Acima de Sofina está o poderoso vilão Red Wizard Szass Tam, que supervisionava sua tentativa de escravizar mais pessoas depois de destruir Thay anteriormente. Os heróis podem ter derrotado Sofina, mas Szass Tam ainda está trabalhando nas sombras e é considerado um inimigo muito mais formidável. Como tal, Edgin e os ladrões já têm o próximo vilão a derrotar numa potencial sequência de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões. No entanto, a Paramount ainda não confirmou se Dungeons & Dragons 2 acontecerá.

 

O verdadeiro significado do final de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões

Honra de Dungeons And Dragons entre ladrões Simon, Edgin, Doric, Holga

Como o título sugere, um tema significativo em Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões é ter honra em seus erros. Os aventureiros podem ser ladrões que roubam dos ricos, mas em

vez disso decidem devolver esses bens às massas, tornando-os um grupo semelhante a Robin Hood no final de Honra Entre Ladrões.

O filme também alerta contra o egoísmo e a ganância, já que a equipe só é recompensada quando arrisca a própria segurança para defender o povo de Sofina, o que significou perder os tesouros
que poderiam ter reclamado do navio de Forge. Forge é então enviado para a prisão sem nada para mostrar sobre seus esquemas para Sofina, enquanto os ladrões de Dungeons & Dragons

emergem com as riquezas da auto-realização, orgulho e camaradagem.

O significado do final de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões também prega que o pior inimigo de todos são eles mesmos. Edgin era quem estava entre ele e a felicidade com Kira

e seu caminho para seguir em frente. Como ele não conseguia se livrar da culpa pela morte de Zia, sua busca obstinada para encontrar a tábua da ressurreição criou um relacionamento rompido

com sua filha e uma incapacidade de seguir em frente.

Edgin estava tão preso ao passado que não conseguia viver no presente, sabotando assim seu relacionamento com os que ainda estavam vivos. No final de Honra Entre Ladrões, Edgin

finalmente conseguiu encontrar a paz ao usar o tablet para salvar Holga em vez de sua esposa, o que também ajudou a curar seu relacionamento com Kira.

A mesma lição no final de Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões também se aplica a Simon. Ele era a única pessoa entre ele e seu caminho para se tornar um grande mago.

A pressão de viver de acordo com o legado de sua família e suas constantes dúvidas o impediram de ser o mágico e a pessoa confiante e bem-sucedida que poderia ter sido, e é por isso que ele

finalmente consegue dominar seus poderes ao ganhar mais autoconfiança.

No entanto, o poder do trabalho em equipe e da amizade também foi fundamental para o sucesso da busca dos heróis e, portanto, também para os finais felizes dos personagens principais de

Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões.

Dungeons & Dragons: Honra Entre Ladrões: Está disponível para transmissão no Paramount+

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights