Irmãs constroem um futuro ciborgue com uma lembrança sombria do passado em ‘Bionic’

"ATENÇÃO: Este artigo contém spoilers importante sobre o filme Biônicos"

SÃO PAULO, BRASIL: ‘Bionic’ (‘Biônicos’) da Netflix transporta os espectadores para um futuro eletrizante, onde as fronteiras entre o potencial humano e a tecnologia avançada se misturam. Dirigido por Afonso Poyart, este filme brasileiro de ação e ficção científica, lançado em 29 de maio de 2024, explora a complexa dinâmica da rivalidade entre irmãos em meio ao crescente uso de melhorias biônicas nos esportes.

A história gira em torno de Gabi (Kagga Jayson) e Maria (Jéssica Córes), irmãs cujo espírito competitivo e complexidades emocionais são levados ao limite por próteses robóticas revolucionárias. À medida que a competição de salto em distância se transforma em um campo de batalha de alto risco, o filme explora temas profundos de ambição, ética e a essência da humanidade.

À medida que os créditos rolam, muitos se perguntam sobre o destino dos personagens e as implicações mais amplas da história. Vamos analisar o final de ‘Bionic’, explorando as resoluções e questões persistentes que definem esta emocionante exploração de um futuro biônico.

 

| RELACIONADO:

A rivalidade entre irmãos entre Gabi e Maria irrompe em uma guerra de gangues

O final emocionante de ‘Bionic’ lança Maria em uma busca desesperada por sua irmã desaparecida, Gabi (Gabz). Sua investigação leva à chocante revelação de que Gus (Christian Malheiros), um amigo próximo, esteve envolvido no desaparecimento de Gabi sob a manipulação de Heitor (Bruno Gagliasso). Segue-se um confronto tenso, deixando Gus morto e Maria ferida.

Maria acorda em um local aparentemente seguro, apenas para descobrir uma trama sinistra orquestrada por Heitor. Ele está armazenando implantes biônicos ilegais em troca de criptomoeda. O espírito ardente de Maria se inflama quando ela expõe a teia de mentiras de Heitor e libera seu poder biônico.
Uma luta feroz irrompe, mostrando a incrível força e agilidade que Maria ganha com sua perna robótica. Apesar do ataque de Heitor, Maria o domina com a ajuda de seu membro biônico, quase o esmagando.

 

Maria revela seu novo plano

Numa comovente demonstração de lealdade, Gabi chega bem a tempo de afastar Maria da polícia e cai de um prédio, perdendo a perna robótica. O filme termina com um vislumbre agridoce do futuro.

O pai delas chora pelo desaparecimento das filhas, enquanto Maria continua a aprimorar suas habilidades, possivelmente como mentora de jovens aspirantes a atletas.

Gabi, porém, parece ter abraçado uma vida de sigilo ao lado de um misterioso associado da equipe de Heitor. Além disso, uma reviravolta final revela o destino de Gus: ele está vivo, mas com

horríveis aprimoramentos cibernéticos substituindo suas pernas, um lembrete sombrio da brutalidade de Heitor.

Mesmo assim, Gus adota seu novo nome como ‘Tio Hard’ e une forças com as irmãs. Maria propõe um plano ousado a um empresário suspeito envolvido na operação de Heitor. Em vez de um

exército, ela oferece três biônicos: ela mesma, Gabi, e um Gus ciberneticamente aprimorado. Eles mostram as proezas de combate de Gus, deixando o homem intrigado com sua proposta.

Biônicos filme estrelado por brasileiros : Está disponível para transmissão na Netflix

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights