imagens Apple TV+

“Um Momento Surreal em ‘Masters of the Air’: O Cavalo Branco Ferido como Símbolo no Episódio Final”

Durante a fuga do prisioneiro de guerra Gale ‘Buck’ Cleven no nono episódio de “Mestres do Ar”, ele se depara com uma visão incomum: um cavalo branco ferido, cujo significado poderia se revelar crucial no desfecho do drama de guerra.

Essa cena do cavalo branco se destaca como um momento de serenidade em meio a cenários de intensidade extrema. Cleven, acompanhado por seu amigo George Niethammer e outro prisioneiro de guerra, acabara de escapar da custódia alemã,

arriscando suas vidas no processo. Logo após essa fuga, eles se veem enfrentando novamente o perigo nas mãos de um jovem oficial alemão.

Buck avista o cavalo branco logo após a passagem de soldados alemães por uma estrada próxima. Escondidos na grama à beira da estrada, Buck, George e o outro prisioneiro aguardam o momento adequado para atravessar, mas são interrompidos

pela presença do cavalo. Apesar do sangue visível em seu pescoço, o animal parece tranquilo, encarando Buck Cleven. Embora a presença do cavalo possa parecer estranha e aleatória à primeira vista, na verdade ela carrega uma carga simbólica

significativa para o desfecho de “Mestres do Ar”.

| RELACIONADO:

Mestres do Ar: História verdadeira de Richard D. E a diferença da série

O cavalo branco em Masters Of The Air pode simbolizar guerra e morte

Uma interpretação evidente do cavalo branco é sua associação simbólica com a guerra e a morte, uma alusão ao conceito dos Quatro Cavaleiros do Apocalipse. Tradicionalmente, a guerra e a morte são representadas por cavalos, sendo essenciais na

iconografia dos Cavaleiros do Apocalipse. É importante notar que, além da guerra e da morte, os Quatro Cavaleiros também incluem a fome e a conquista, aspectos que enriquecem ainda mais o simbolismo do cavalo branco na cena.

“Os Quatro Cavaleiros do Apocalipse simbolizam as maneiras pelas quais a guerra destrói não apenas a terra, mas a humanidade.”

 

No contexto da Segunda Guerra Mundial, é especialmente significativo que esse símbolo apareça, pois a guerra engloba todos os quatro Cavaleiros do Apocalipse.

Além disso, o cavalo sendo um mau presságio faz sentido considerando as cenas que vêm antes e depois dele. Cleven conseguiu escapar de ser prisioneiro de guerra, mas somente depois que seu amigo John Egan sacrificou suas próprias chances de

fuga, deixando Cleven com um sentimento de culpa provável. Além disso, logo após a aparição do cavalo, George Niethammer é morto por um soldado alemão e Cleven quase o mata antes de perceber que ele é apenas uma criança. Desta forma, o

cavalo é uma representação de como a guerra pode desintegrar relacionamentos e transformar homens bons em algo mau e irreconhecível.

 

NOTA:
“Essa ideia também é trazida à tona no episódio por meio de uma citação de Friedrich Nietzsche: ” Aquele que luta com monstros deve tomar cuidado para não se tornar um monstro.”

Buck vendo o cavalo branco provavelmente simboliza o fim da guerra

Austin Butler como Gale Cleven Escape Masters of the Air, episódio 9

O cavalo branco pode não ser inteiramente negativo. Apesar dos acontecimentos que cercam a cena do cavalo, o próprio animal pode representar um momento de calmaria antes da tempestade. Em muitas mitologias, os cavalos brancos são símbolos

de transformação e boa sorte. É importante ressaltar que a cor branca também é associada à pureza e à paz. Portanto, o cavalo branco pode ser um sinal para Buck de que a guerra e seu sofrimento em breve chegarão ao fim. Em vez de um presságio

de mais lutas por vir, o cavalo branco poderia ser a maneira dos “Mestres do Ar” indicarem o início do fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights