imagens Star+

Tão extravagante quanto seu personagem principal, “O Agente de Futebol”, série exclusiva do Star+, revela os bastidores do futebol de elite.

A trama se desenrola na década de 90 e retrata os bastidores das negociatas e extravagâncias das pessoas envolvidas nesse universo. As escolhas do diretor Ariel Winograd reforçam esse aspecto, com atuações

exageradas e lentes que ampliam as cenas, criando uma sensação de realidade esticada com nuances intensas.

Além disso, há demonstrações do poder do dinheiro e um protagonista bastante mulherengo, que não mede esforços nem despesas para conquistar seus objetivos.

Provavelmente, a parte mais dramática se desenvolverá nos próximos episódios. Nos dois primeiros, há uma abordagem mais humorada e caricata do personagem Copolla, que precisa lidar com situações tensas de

perigo real, negociações com pessoas influentes e questões familiares complicadas.

|    RELACIONADO:

As Garotas do Ônibus: Jornalistas de Campanha- são baseadas em uma história verdadeira?

 

No final das contas, “O Agente de Futebol” é uma produção interessante que oferece uma perspectiva única dos bastidores do futebol de elite. Ao contrário de focar nas principais estrelas, que são praticamente

colocadas em segundo plano, a série concentra-se naqueles que vivem e respiram essa indústria do futebol, explorando seus desafios, vaidades e até devaneios.

Filmada em belas locações de Buenos Aires e Nápoles, a série também se destaca por suas escolhas estéticas não convencionais na direção de cena e no elenco, trazendo um frescor visual à narrativa.

 

Trama O Agente de Futebol

Com um tom humorístico, a série de ficção gira em torno de Guillermo Coppola (interpretado por Juan Minujín), o empresário de um dos jogadores de futebol mais famosos do mundo. Ele tenta conciliar sua

agitada vida pessoal com um trabalho em tempo integral que o leva a lidar com as consequências insólitas das ações de seu representado, cujo auge esportivo é rapidamente seguido por um período de franca

decadência.

Composta por seis episódios de 45 minutos, “O Agente de Futebol” captura o espírito da década de 90, da qual Coppola foi um dos mais emblemáticos protagonistas. Baseada em fatos e personagens reais daquela

época, ela apela à nostalgia daqueles que a viveram e convida as novas gerações a descobrir detalhes daquela época e personagens icônicos de uma era.

A comédia dramática, uma produção do selo Star Original Productions, é realizada por Pampa Films/Gloriamundi Producciones e dirigida por Ariel Winograd, que também atua como showrunner da série escrita

por Emanuel Diez. O elenco da série é completado por Mónica Antonópulos (como Amalia “Yuyito” González), Mayte Rodriguez (Sophie), Joaquín Ferreira (Poli Armentano), Santiago Bande (Guillermo Coppola

jovem) e Alan Sabbagh (como Mariano).

O Agente de Futebol está disponível  exclusivamente no Star+

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights