O Homem do Norte: As 10 frases mais marcantes do filme

O “Homem do Norte” é um épico de vingança que ecoa as tragédias shakespearianas, deixando inúmeras citações sinceras nos campos de batalha.

“O Homen do Norte” é um filme de vingança que acompanha Amleth, interpretado por Alexander Skarsgård, em uma busca impulsionada

pelo ódio para vingar o assassinato de seu pai, pelas mãos de seu próprio irmão. Sendo o terceiro projeto do renomado diretor Robert Eggers,

este drama épico segue os passos de muitas sagas antigas de heróis em busca de justiça.

 

|   RELACIONADO:

O Homen Do Norte: Final explicado (em detalhes)

Com um roteiro excepcionalmente elaborado por Eggers, o filme entrega uma narrativa trágica sobre a perda de um herói. Seguindo a

tradição das antigas tragédias de Shakespeare, O Homem do Norte deixa para trás uma série de citações emocionais e frequentemente

raivosas que permanecerão na memória dos espectadores muito além da exibição do filme.

“Com que facilidade todos nós nos tornamos princesas novamente quando as feras nos tomam como esposas.” – Gudrún

o nortenho Nicole Kidman

“E você também aproveitará o momento em que deverá escolher entre a bondade para com seus parentes ou o ódio para com seus inimigos?” – Ele-Bruxa

A Bruxa senta-se diante das chamas enquanto pressagia o destino de Amleth

 

“Sua força quebra os ossos dos homens. Tenho a astúcia de quebrar suas mentes.” -Olga

Anya Taylor-Joy em O Nórdico

 

“Em um mundo de trevas, nossa vingança brilhará como um farol.”

 

“A coragem não é ausência de medo, mas sim a determinação de avançar apesar dele.”

 

“Meu destino me trouxe à Islândia para realizar minha busca por vingança. Mas meu destino não me preparou para encontrar você.” -Amlet

o nortenho anya taylor-joy

 

“Não é o tamanho do guerreiro, mas a coragem de seu coração que determina sua grandeza.”

 

“A coragem não é ausência de medo, mas sim a determinação de avançar apesar dele.”

 

“Recuso-me a morrer doente nem a viver a longa vida de um vergonhoso Barba Cinzenta. Devo morrer pela espada. Morrerei em honra.” -Aurvandill

Ethan Hawke em O Nórdico
O novo mantra de Amleth ecoa pelas paredes de sua mente, impulsionando-o para a batalha iminente e refletindo seu crescimento e
 mudança de objetivos:
"Não mais busco a redenção de minha mãe, nem a vingança cega contra meu tio. Minha jornada transcende os desejos mesquinhos do
 passado, Pois agora almejo restaurar a honra manchada de minha linhagem, Desfazer os grilhões do destino que tentam me prender. Não
 sou apenas um filho ferido em busca de justiça, Mas o arauto de uma nova era para minha família e meu povo. Nesta batalha final, ergo-me
 não apenas como vingador, mas como o guardião da verdadeira virtude. Que minha determinação seja como aço forjado no fogo da
 adversidade, E que minha vitória não seja apenas sobre meu inimigo, mas sobre o destino que tenta me dominar."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights