“O Episódio 8 de Shōgun Desvenda a Verdadeira Essência da Rendição do Senhor Toranaga, Enquanto Ele Prossegue com Sacríficios e Estratégias para Evitar Derramamento de Sangue”

“ATENÇÃO: SPOILERS IMPORTANTES à frente para o episódio 8 de Shōgun.”

O Episódio 8 de Shōgun chega ao clímax com a revelação dos motivos por trás da rendição do Senhor Toranaga, logo após a comovente

e horrível morte de Toda Hiromatsu. Embora alguns dos aliados de Toranaga, incluindo Yabushige, tenham especulado sobre uma

possível mudança de decisão por parte de seu senhor, isso não se concretizou. Durante a crucial reunião para confirmar a rendição,

Hiromatsu confrontou seu senhor e realizou o seppuku, um ato chocante que, secretamente, fazia parte de um plano elaborado por ele e

Lorde Toranaga.

A aproximação do final de Shōgun, com apenas dois episódios restantes, evidencia o posicionamento estratégico dos personagens antes da

iminente guerra contra Ishido. John Blackthorne, de volta ao seu navio, conta com o apoio de Yabushige, enquanto Lady Mariko se

prepara para uma missão de extrema importância incumbida por Toranaga. As narrativas de todos os personagens convergem para um

desfecho, embora muitos permaneçam alheios ao verdadeiro plano do Senhor Toranaga. As tragédias recentes, como as mortes de seu

filho e conselheiro mais próximo, concederam a Yoshii o tempo necessário para executar seus desígnios.

 

|   RELACIONADO:

Shogun: Flashback de Mizoguchi – O que diz sobre Toranaga e Saeki

 

Por que Toda Hiromatsu cometeu Seppuku no episódio 8 do Shōgun

Toda Hiromatsu sabia o que precisava fazer para ajudar Toranaga

Close de Toda Buntaro no episódio 8 do Shogun

Inicialmente, surgiu a impressão de que Toda Hiromatsu havia realizado o seppuku devido à sua recusa em seguir o Senhor Toranaga

até a rendição iminente diante de Ishido, o Senhor de Kanto. Hiromatsu, defendendo a posição dos outros daimios que se opuseram a

unir-se a Toranaga em sua capitulação, argumentou que não deveriam se submeter a Ishido. Uma acalorada discussão se desenrolou entre

Hiromatsu e Toranaga, que eram amigos desde a infância e haviam lutado lado a lado em todas as batalhas até então, intensificando

ainda mais o conflito entre eles.

“O sacrifício de Hiromatsu significou que ninguém questionaria a veracidade da rendição do Senhor Toranaga.”

Ao desobedecer uma ordem direta de seu senhor, Toda Hiromatsu se viu compelido a cometer o seppuku. Seu filho, Toda Buntaro,

acompanhou o pai no ritual e até expressou o desejo de se juntar a ele na morte. No entanto, naquela sala, ninguém estava ciente do

verdadeiro propósito por trás do seppuku de Hiromatsu. O mais próximo amigo do Senhor Toranaga não discordava de seu senhor;

tudo isso fazia parte de uma estratégia para induzir Ishido a acreditar que Toranaga estava disposto a render-se, independentemente das

circunstâncias. O sacrifício de Hiromatsu assegurava que ninguém questionasse a autenticidade da rendição do Senhor Toranaga.

 

O plano do Senhor Toranaga explicado: o que sua rendição realmente significa

Toranaga não está realmente desistindo

O Episódio 8 de Shōgun esclarece que Lorde Toranaga nunca teve a intenção genuína de render-se; tudo isso fazia parte de uma

intricada estratégia para desarmar Ishido. Toranaga busca resguardar o Herdeiro e evitar uma guerra que despedaçaria o Japão, mas

percebe que a única solução é derrotar Ishido com o mínimo de conflito possível. Recusar a rendição em Ajiro inevitavelmente teria

desencadeado uma guerra imediata entre as forças de Toranaga e os seguidores leais ao conselho. Por essa razão, Toranaga tem jogado

um jogo de longo prazo e talvez até tenha antecipado a traição de seu irmão.

Contudo, para que o plano de Toranaga fosse eficaz, era crucial que Ishido acreditasse na disposição de seu inimigo em render-se

pacificamente. Conhecido por suas estratégias complexas e astúcias elaboradas, o Senhor de Kanto exigia que sua derrota parecesse o mais

convincente possível. Toranaga dedicou a maior parte da jornada entre Ajiro e Edo a exibir sinais de doença, chegando até mesmo a

perder o funeral de seu filho. O seppuku de Toda Hiromatsu representou a medida mais drástica do plano, transmitindo uma mensagem

clara de que Lorde Toranaga estava pronto para render-se. Esse movimento, por sua vez, concedeu a Yoshii a liberdade necessária para

contra-atacar clandestinamente.

Qual é a missão de Toranaga para Lady Mariko em Shōgun?

Mariko tem um papel importante a desempenhar na guerra

Lord Toranaga conversando com Lady Mariko no episódio 8 do Shogun

O verdadeiro plano de batalha do Senhor Toranaga permanece envolto em mistério, mas algumas pistas sugerem quais serão seus

próximos movimentos. A estratégia de Yoshii envolve Lady Mariko, que foi convocada por seu senhor e recebeu conhecimento sobre o

sacrifício de Hiromatsu. Considerando que Mariko possa ser a única pessoa no reino a estar ciente do plano secreto de Toranaga, seu

papel nos eventos futuros deve ser de extrema importância. Toranaga confiará a Lady Mariko uma missão de suma importância, na qual

o destino do Japão pode estar em jogo. Mariko demonstra estar pronta para fazer o que for necessário para auxiliar Toranaga na vitória da

guerra.

 

Por que John Blackthorne não se reuniu com seus homens

A tripulação de Blackthorne estava ansiosa para se reunir com ele

Um close de John Blackthorne em Shogun

Desde o início de Shogun, John Blackthorne tem buscado se reunir com sua tripulação, que foi feita prisioneira quando seu navio

estrangeiro chegou ao Japão. Todas as tentativas de Blackthorne de se reconectar com seus homens resultaram em fracasso, mesmo após

ele se tornar o hatamoto do Senhor Toranaga. Após a aparente rendição de Toranaga, o Anjin finalmente teve a oportunidade de

encontrar sua tripulação novamente. No entanto, bastou uma breve interação com um deles para que Blackthorne percebesse que seus

homens não tinham interesse em se reunir com seu capitão. Eles culpavam Blackthorne pelo que aconteceu.

oshii Toranaga
Hiroyuki Sanada
Tokugawa Ieyasu
John Blackthorne
Cosmo Jarvis
Willian Adams
Toda Mariko
Anna Sawai
Hosokawa Gracia
Kashigi Yabushige
Tadanobu Asano
Honda Masanobu
Kashigi Omi
Hiroto Kanai
Honda Masazumi
Ishido Kazunari
Takehiro Hira
Ishida Mitsunari
Ochiba-no-kata
Fumi Nikaido
Yodo-dono

Blackthorne foi acusado de estar ciente do destino planejado da viagem e, mesmo assim, escolher seguir para o Japão. Ele poderia ter

interrompido a missão após o suicídio de seu capitão original, mas optou por continuar, o que é motivo de reprovação por parte de seus

homens desde sua chegada ao Japão. Após um confronto com um de seus tripulantes, Blackthorne partiu sem sequer se comunicar com os

outros membros da tripulação. Essa situação deixou o Anjin, agora um capitão sem tripulação, em busca de uma nova bandeira sob a qual

navegar, levando-o a procurar Yabushige.

 

Como a aliança de Blackthorne com Yabushige influencia o plano de Toranaga

Toranaga estava contando com Blackthorne indo para Yabushige

Yabushige com espadas atrás dele no episódio 8 do Shogun

Blackthorne ofereceu seus serviços a Yabushige, na esperança de que o Senhor de Izo permitisse que ele navegasse sob sua bandeira.

Embora Yabushige estivesse tentado a aceitar um navio estrangeiro com armamentos e um piloto habilidoso sob seu comando, ele

acreditava na possibilidade de vitória de Toranaga na guerra e recusou-se a trair seu mestre. Contudo, após o seppuku de Hiromatsu,

Yabushige concluiu que Toranaga não estava dissimulando sobre sua rendição. No entanto, tudo isso fazia parte do plano maior de

Toranaga, pois ele almejava que, eventualmente, Yabushige aceitasse a oferta do Anjin.

Yabushige não concordaria em deixar Edo a bordo do navio de John Blackthorne a menos que estivesse convencido de que Toranaga

estava prestes a se render. Toranaga desejava que Yabushige movesse o navio e as armas, mas era imperativo que isso parecesse ser uma

decisão de Yabushige e não uma estratégia de guerra de Toranaga. No desfecho do Episódio 8 de Shōgun, quando Yabushige e

Blackthorne já estavam a bordo do navio do inglês, Lady Mariko chegou com uma mensagem de Toranaga. Qualquer que seja o plano

de batalha de Toranaga, ele inclui John Blackthorne e seu navio.

 

O que a morte de Daiyoin significa para Ochiba-no-kata

Daiyoin foi quem transformou Ruri em Ochiba-no-kata

Lady Ochiba no episódio 6 do Shogun

Daiyoin, anteriormente conhecida como Lady Iyo, era a esposa do Taikō. Nem ela nem nenhum de seus concubinos conseguiram gerar

um herdeiro para o Taikō até Ochiba. Foi Lady Iyo quem trouxe Ruri para a corte e a elevou à posição de Ochiba-no-kata. A esposa do

Taikō via o filho de Ochiba como seu próprio filho, mas também desempenhava um papel distorcido de figura materna para Ochiba. Não

está claro como Ochiba se sentia em relação a Daiyoin durante os momentos finais desta última. Dito isso, a mãe do Herdeiro sabe que foi

manipulada ao longo de sua vida e, portanto, não desiste da luta.

 

As mortes de Nagakado e Hiromatsu significam que Toranaga não aceitará a derrota

Toranaga já perdeu muito

Nos momentos finais do Episódio 8 de Shōgun, Lord Toranaga finalmente lamenta a morte de seu filho, um feito que só se tornou

possível após simular ser um velho debilitado à beira da morte. Toranaga fingiu estar doente e ausentou-se do funeral de seu filho para

reforçar a ideia de que ele estava pronto para render-se assim que chegasse a Osaka. A morte de Nagakado proporcionou algum tempo a

Toranaga, permitindo-lhe aprimorar ainda mais sua atuação durante sua estada em Edo. Entre a morte acidental de Nagakado e o

sacrifício de Toranaga, ele não pode se permitir ser derrotado depois de tantas perda

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights