Acredite ou não, algumas das falas mais memoráveis ​​e até comoventes de South Park nem

sequer contêm palavrões ou piadas sujas.

Os personagens desbocados de South Park não são para todos. O show é conhecido por seu humor adulto e pode fazer com que alguns levantem as sobrancelhas.

No entanto, além das piadas de peido de Cartman e das estratégias de marketing de maconha de Randy, existem algumas citações memoráveis ​​​​em South Park que

não contêm um único palavrão.

As citações limpas, mas impactantes do programa são uma prova da criatividade de Trey Parker e Matt Stone. Os personagens principais de South Park , como Stan

Marsh, Kyle Broflovski, Eric Cartman e Kenny McCormick, não são memoráveis ​​apenas quando contam piadas sujas. Na verdade, alguns dos melhores momentos do

show vêm com linhas surpreendentemente limpas.

| RELACIONADO:

As melhores frases do

 Chapolin Colorado

 pra alegrar seu dia

 

“Qualquer coisa que seja divertida custa pelo menos 8 dólares.” -Eric Cartman

Eric Cartman sorrindo em South Park
Em um fim de semana chato, Eric e seus amigos estão andando pela cidade em busca de algo para fazer antes de finalmente decidirem pelo laser tag. No entanto,

Stan não quer ir com eles porque está economizando para comprar uma bicicleta nova. Eric explica exasperadamente a Stan o que ele afirma ser a primeira lei da

física, que diz que coisas divertidas custam pelo menos oito dólares. Kyle segue rapidamente com “Sim, cara, nada divertido é de graça”.

Na persistência de Stan em encontrar uma atividade gratuita, ele acaba fazendo um teste de personalidade gratuito da Cientologia. O resto do episódio da 9ª

temporada, “Trapped in the Closet”, parodia o que os Scientologists acreditam. É uma das histórias mais controversas de South Park , terminando com Parker e

Stone pedindo hilariantemente à Igreja da Cientologia para processá-los.

“Não sou gordo, sou festivamente gordo.” -Eric Cartman

Cartman personifica Butters em South Park
Eric é conhecido por negar seu tamanho na série, alegando que ele tem ossos grandes. Kyle e seus amigos zombam dele (e de pessoas maiores, em geral) no episódio

da 9ª temporada, “Raising the Bar”, comparando-o a pessoas que precisam de scooters devido ao seu tamanho.

Por um breve momento, o espectador pode pensar que a provocação pode levar Eric a querer perder peso. Em vez disso, ele declara que é simplesmente “gordo

festivamente” e aceita seu tamanho. Sua nova aceitação de si mesmo o leva a adquirir sua própria scooter Rascal.

“Só porque seus pais podem comprar brinquedos melhores que os nossos não significa que você seja melhor que nós!” -Stan

Stan Marsh parece confuso em South Park
No episódio da 7ª temporada, “Lil’ Crime Stoppers”, os meninos brincam de detetive e rastreiam a boneca desaparecida de uma menina. Eles descobrem que a

boneca está sendo mantida como refém por outras crianças que interpretam sequestradores. Enquanto os meninos refletem sobre o que devem fazer a seguir,

um grupo de crianças que interpretam o FBI aparece e começa a dar-lhes ordens.

Tucker e seu grupo obviamente têm brinquedos falsos melhores do que eles, o que deixa Stan frustrado com toda a situação. Quando Tucker afirma que não podem

atacar a porta da frente porque precisam seguir o FBI, os meninos encontram outra maneira de resolver a situação. No final, provam que brinquedos melhores não

significam mais diversão.

“Se você quiser que isso desapareça, basta um pouco de autocontrole e responsabilidade pessoal.” – Kyle

Kyle parece angustiado em South Park
Há um novo Wall-Mart na cidade que está causando o fechamento de pequenas empresas, deixando os cidadãos de South Park desempregados. Os meninos traçam

um plano para detê-lo, mas não importa o que façam, a “força mística do mal”, como a chamam, continua voltando.

Depois que Kyle percebe que a loja é má, ele se vira para alguns moradores da cidade e diz que tudo que eles precisam fazer é não comprar mais no

Wall-Mart. Infelizmente, as coisas são mais complicadas do que ele pensa. Este episódio da 8ª temporada, apropriadamente chamado de “Something Wall-Mart This

Way Comes”, mostra que é preciso mais do que responsabilidade pessoal para enfrentar a gentrificação e o consumismo.

“Tudo o que penso são nos problemas que nossa geração está herdando.” -Eric Cartman

Cartman deitado em um sofá em South Park
Nas Fazendas Tegridy, Cartman está reclamando com Kyle sobre todas as mudanças que estão acontecendo na fazenda. Seu discurso rapidamente sai do controle,

quando ele começa a pensar nos maiores problemas de sua geração.

“Mudanças climáticas, pesca excessiva, Kyle… quero dizer, como podemos ficar felizes com alguma coisa?” A reação de Kyle é ignorá-lo, o que não é diferente de

como muitas pessoas provavelmente lidam com essas grandes questões na vida real. A fala configura o restante do episódio da 23ª temporada, “Mexican Joker”,

que parodia questões políticas reais do país.

“Família não é sobre o sangue que você tem em você, família é sobre as pessoas que se importam com você.” – Kyle

Ike e Kyle sentados lado a lado e sorrindo em South Park
No episódio da 7ª temporada, “É Natal no Canadá”, Kyle está prestes a perder seu irmão Ike depois que seus pais biológicos canadenses aparecem para aceitá-lo de

volta. Os meninos viajam para o norte para convencer o primeiro-ministro do Canadá, que é uma cabeça flutuante gigante, a convencê-lo a mudar suas leis sobre

adoção. Ele faz um discurso comovente sobre por que Ike pertence a ele e diz: “Nós cuidamos dele porque ele precisava, e isso nos torna mais familiares do que

qualquer coisa”. Este momento comovente é arruinado pelo Primeiro Ministro, que incinera Kenny com seus olhos de laser.

No entanto, tudo acaba bem quando a verdadeira identidade do primeiro-ministro é descoberta e Ike se reencontra com sua verdadeira família. O episódio é

especialmente agradável para os fãs que acreditam que Ike merece fazer parte do grupo , dado o quão proeminente é seu papel na série.

“Então acho que o que estou sentindo é uma bela tristeza.” -ButterÍcone "Verificada pela comunidade"

Butters Stotch com os braços abertos e sorrindo em South Park
O episódio da 7ª temporada, “Raisins”, gira em torno de histórias de amor e desgosto. Depois que Stan é abandonado por sua namorada, Wendy, ele passa por uma

depressão profunda e acaba se juntando aos garotos góticos. As crianças góticas, que se tornaram alguns dos melhores personagens adicionados a South Park.

ensinam Stan a odiar outras pessoas e a vida em geral. Enquanto isso, Butters se apaixonou pela garçonete do Raisins, Lexus.

Quando Butters é inevitavelmente abandonado pela Lexus, Stan e as crianças góticas o convidam a se juntar a eles no ódio à vida, ao que Butters explica que sua

tristeza na verdade o faz se sentir vivo. Ele diz que a única maneira de se sentir triste é se já se sentisse bem antes, então o que ele está sentindo é uma “bela

tristeza”. Esta frase surpreendentemente comovente ensina a Stan uma lição importante, que o leva a abandonar as crianças góticas e voltar a aproveitar a vida.

“Às vezes o único jeito de seguir adiante é mudar de direção.”Eric Cartman

Eric Theodore Cartman, ou apenas Cartman, é um dos personagens principais, junto a Stan Marsh, Kyle Broflovski, e Kenny McCormick. Em alguns episódios,

como em “Trapper Keeper”, ele é o principal antagonista da trama. Nos primeiros episódios, Kenny era visto como seu melhor amigo, porém, recentemente este

lugar tem sido tomado por Butters Stotch.

Cartman foi o primeiro dos garotos a aparecer sem chapéu, como visto em “Feliz Natal Charlie Manson!”. Ele também pesa 90 quilos.

“O que gente pobre faz? Compra coisas mesmo sem ter dinheiro, faz empréstimo e passa dois anos sem pagar.” Eric Cartman

Cartman quer se tornar um corredor da NASCAR, mas ele acha que não tem condições porque não é “pobre e suficientemente estúpido” para alcançar seus sonhos.

Epsodio Pobre e estúpido.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights