Entenda O que acontece com Alexander Rostov, por que Sofia foge da Rússia, e o verdadeiro significado final de Um Cavalheiro em Moscou

   “ATENÇÃO: Este artigo contém spoilers importantes  sobre a série de tv Um Cavalheiro em Moscou”

O final de Um Cavalheiro em Moscou traz consigo a conclusão da história de Alexander Rostov, com o período de 35 anos de prisão dentro do Hotel Metropol de Moscou sendo

interrompido. Depois de voltar para casa vindo de Paris em 1918 para salvar sua avó da violência da revolução bolchevique na Rússia, o conde Rostov é condenado à prisão perpétua por sua

condição de membro da classe dominante do país. Porém, em vez de ficar trancado em uma cela de prisão, o personagem de Ewan McGregor fica confinado às paredes de um hotel de luxo na

capital do país.

Alexander foi poupado da execução, ao contrário de muitos de seus outros pares sociais. A razão para a clemência é que ele foi incorretamente creditado com um poema intitulado “Onde Está

Nosso Propósito Agora?”. A obra literária, escrita em 1913 pelo velho amigo de Alexander, Mishka, foi parcialmente creditada como incitando a Revolução. O conde consegue conquistar

algum nível de existência para si mesmo no Metropol, com a novidade de sua situação passando rapidamente. Ao longo do caminho, Alexander Rostov encontra a família que nunca teve

antes, dando a um homem que perdeu tudo algo pelo qual viver.

 

|   RELACIONADO:
Um cavalheiro em Moscou: Conheça o elenco e guia de personagens
 

O que acontece com Alexander Rostov depois que ele sai do Hotel Metropol

O destino pós-fuga do personagem de McGregor é desconhecido

No final do episódio 8 de Um Cavaleuro em Moscou, intitulado “Adieu”, Alexander coloca o chapéu e passa pelas portas do Hotel Metropol. Depois que todos os telefones do prédio tocam

ao mesmo tempo como sinal de Richard Vanderwhile de que Sofia está segura, Alexander pode partir sabendo que sua filha substituta está em mãos confiáveis. Embora Alexander seja

mostrado saindo do prédio com sucesso, o outro lado da porta não é mostrado, então é impossível confirmar o que acontece com o Conde após esta cena. Até a narradora do programa, uma Sofia

mais velha, confirma que nunca soube o que o pai fez a seguir.

 

“Descobri que papai havia escapado do hotel, mas o que aconteceu depois permanece um mistério. Gosto de imaginar [Alexander e Anna] finalmente livres, vivendo o resto de suas vidas juntos. vou mantê-los em meu coração sempre.

 

A sequência mostrada do reencontro de Alexander com Anna em “Adieu” é filmada na mesma proporção de 4:3 das sequências de flashbacks de Um Cavalheiro em Moscou, que muitas

vezes eram do ponto de vista do Conde Rostov. Porém, como Sofia confirma que nunca mais viu os pais, esta cena em particular não pode ser uma memória. Em vez disso, o que é mostrado são as

imaginações de Sofia, sonhando com as duas pessoas que arriscaram tanto para salvá-la, desfrutando de uma vida pacífica e merecida.

As maçãs pretas mostradas nesta cena são mais um sinal de que nada mais é do que uma fantasia de Sofia. No início do mesmo episódio, Alexander conta à equipe do Metropol sobre uma

antiga lenda de quando ele era criança. A história fala de uma árvore escondida nas profundezas da floresta, que produz “maçãs negras como carvão”. Se uma pessoa encontrasse e comesse essas

maçãs, teria a chance de viver uma vida nova. Alexander imediatamente acrescenta que não comeria as maçãs se as encontrasse hoje, pois, apesar de sua vida tumultuada, é uma viagem da qual

não se arrepende.

 

Como e por que Sofia foge da Rússia no final de Um Cavalheiro em Moscou

A viagem só de ida de Sofia para a América exigiu um planejamento cuidadoso

Beau Gadsdon parece assustado como Sofia em Um Cavalheiro em Moscou

Apesar de ser um patriota convicto, Alexander ainda acredita que Sofia teria uma vida melhor na América do que se permanecesse na Rússia. Felizmente, a espionagem de Alexander sobre os

altos escalões do país no episódio 7 de Um Cavaleuro em Moscou, intitulado “An Assembly”, também apresenta uma oportunidade para o personagem de McGregor enviar sua filha para um

lugar seguro. O esquema é executado em colaboração com o aliado americano de Alexander, Richard Vanderwhile, que planeja a operação para eles.

 

“Apenas Sofia recebe asilo dos americanos, com Alexander dizendo à filha que o pedido para ele e Anna receberem o mesmo tratamento era simplesmente pedir demais.”

 

Com as gravações do encontro em seu poder, Sofia segue para Paris em uma turnê musical. Após a apresentação, ela corta o cabelo curto e troca de roupa para se misturar à multidão e sair sem

ser vista. As autoridades ficam mais atentas ao seu esquema, movendo sua apresentação para a penúltima posição na ordem de execução antes do intervalo. Felizmente, Sofia ainda tem tempo

suficiente e mal consegue evitar ser detectada. Depois de chegar à embaixada americana em Paris, Vanderwhile consegue que Sofia seja levada de avião para os EUA.

 

Onde Alexander Rostov está com Osip Glebnikov no final de Um Cavalheiro em Moscou

Alexander e Osip trocam declarações de amizade

Johnny Harris parado em uma porta parecendo ameaçador como Osip Glebnikov em A Gentleman in Moscow

O relacionamento de Alexander com Osip Glebnikov é intencionalmente obscuro em Um Cavaleuro em Moscou. Embora Osip seja essencialmente responsável por garantir que Alexander

não quebre os termos de sua sentença ao deixar o Metropol, o carcereiro de Alexander opta por passar mais tempo com seu prisioneiro do que o necessário para cumprir suas funções.

Eles participam de aulas de etiqueta, debates sobre literatura e até começam a assistir filmes juntos. No entanto, parece que Osip está forçando as interações a ocorrerem. Apesar da ambiguidade

do acordo, Osip admite no final que valoriza o relacionamento deles.

 

“Osip também é fundamental para garantir que Anna parta para a Finlândia sem Alexander. Na hora de “Adeus”, a esposa e a filha de Osip já morreram, então ele quer garantir que a família de Alexander não sofra o mesmo destino.”

 

Ao alertar o personagem de McGregor sobre o perigo que Sofia corre – e, por extensão, o próprio Alexander – Osip diz: “Gosto de você, Alexander. Penso em você como um amigo”. O conde

responde em seu estilo cauteloso: “Assim como eu, por assim dizer”. Osip pode não ter sido a figura mais valorizada para Alexander em sua vida cotidiana, mas a amizade deles ofereceu aos dois

homens uma perspectiva diferente. Além disso, Osip também ajudou Alexander a retornar ao Metropol sem ser detectado após a ida de Sofia ao hospital – um ato que poderia ter punido

severamente os dois personagens, se não os levado à morte.

 

Alexander deixou o gerente Leplevsky para morrer?

Alexander finalmente consegue a vingança que está tentando evitar

Leplevsky é o maior vilão da história de Um Cavalheiro em Moscou, tornando a vida de Alexander no Hotel Metropol cada vez mais difícil à medida que sobe na hierarquia.

Com a saída planejada de Alexander do hotel iminente, inicialmente parece que ele está disposto a deixar o passado para trás e poupar Leplevsky de qualquer ato de vingança. Infelizmente para o

gerente do hotel, sua descoberta de última hora do plano de Alexander para escapar faz com que McGregor precise agir.

“Depois de se armar com as pistolas de duelo do escritório do gerente, Alexander acorrenta Leplevsky nas entranhas do Hotel Metropol.”

 

Depois de se armar com as pistolas de duelo do escritório do gerente, Alexander acorrenta Leplevsky nas entranhas do Hotel Metropol. Ao mesmo tempo, ele incinera os arquivos que o

gerente vinha reunindo sobre os funcionários do hotel – inclusive Alexander e Sofia. Leplevsky implora para ser libertado enquanto Alexander parte, com a troca entre os dois adversários

sugerindo que demoraria um pouco até que alguém encontrasse o chefe do hotel preso. Portanto, embora Alexander não mate diretamente o gerente Leplevsky, ele ainda pode ser responsável por

sua morte.

 

Como a prisão de Alexander no Hotel Metropol foi o começo de sua vida (não o fim)

A vida pessoal de Alexander Rostov de alguma forma floresceu no Metropol

Quando Alexander foi condenado à prisão perpétua, ele tinha trinta e poucos anos. O único membro sobrevivente da família era sua avó, a quem ele ajudou a escapar do país quatro anos antes.

Além disso, ele estava afastado de Mishka, seu amigo mais antigo. Alexander nunca se casou nem teve filhos. Apesar da vida de riqueza e privilégios que precedeu seu encarceramento, ele estava

profundamente sozinho. Surpreendentemente, as décadas de Alexander preso no Metropol levaram a alguns dos relacionamentos mais importantes de sua vida.

Apesar do trauma inicial de ver o príncipe Nikolai sendo arrastado para fora do hotel e baleado na rua no episódio 1 de Um Cavaleuro em Moscou, Alexander atingiu uma rica veia de laços

sociais. Sua amizade com Nina foi vital durante os primeiros estágios de sua sentença e, embora às vezes a dupla lutasse para permanecer na mesma sintonia política, seu relacionamento especial

resistiu à tempestade. Alexander também conseguiu construir pontes com Mishka.

 

“Eventualmente, a dinâmica romântica intermitente de Alexander com Anna Urbanova solidificou-se em uma base sólida de amor e confiança, com os dois essencialmente se tornando pais conjuntos de Sofia.”

 

Se Alexander era uma figura paterna para Nina, então ele era essencialmente um avô em seu papel de zelador geracional quando Sofia foi deixada aos cuidados do conde. Alexander criou Sofia

como se fosse sua, garantindo que ela nunca se esquecesse de sua mãe biológica. Eventualmente, a dinâmica romântica intermitente de Alexander com Anna Urbanova solidificou-se em uma

base sólida de amor e confiança, com os dois essencialmente se tornando pais conjuntos de Sofia. Como resultado, Alexander atingiu vários marcos durante sua prisão que negligenciou ou n

conseguiu alcançar enquanto era um homem livre.

 

O verdadeiro significado final de Um Cavalheiro em Moscou

O destino não confirmado de Alexander compõe a história de amor e perda

Ewan McGregor parece preocupado como Alexander Rostov em A Gentleman in Moscow

Um Cavalheiro em Moscou, como tantas outras histórias, é sobre amor. No entanto, o tema do amor do programa também está ligado ao conceito de perda e à forma como os dois interagem

um com o outro. O amor que Alexander Rostov tem por Anna e Sofia faz com que ele coloque a segurança delas em primeiro lugar, garantindo que estejam longe do Hotel Metropol e em

segurança em seus respectivos caminhos para suas novas casas no momento em que ele tenta escapar.

Alexander está plenamente consciente dos riscos para ele, Anna e Sofia que seu plano apresenta. Ainda assim, o amor que ele tem por sua família o torna disposto a se colocar em perigo se isso

significar que há uma chance de um amanhã melhor para a filha que ele ama e para a mulher que ama. Osip age de maneira semelhante, ajudando Alexander. Apesar de perder a esposa e a filha,

Osip opta por não permitir que sua dor o torne amargo e, em vez disso, garante que Alexander não sofra o mesmo desgosto.

 

“A fantasia de Sofia de que seus pais vivam seus dias juntos é um final tão perfeito quanto o show pode esperar, com a natureza não confirmada do cenário contribuindo para a beleza sombria da conclusão da história.”

 

A fantasia de Sofia de que seus pais vivessem seus dias juntos é um final tão perfeito quanto o show pode esperar, com a natureza não confirmada do cenário contribuindo para a beleza sombria

da conclusão da história. O trio nunca teria tido a vida que desejava no prédio que uniu os três. Sabendo disso, eles se esforçam ao máximo para se libertarem das restrições que lhes foram

impostas pela sentença de prisão de Alexander. O episódio final de Um Cavalheiro em Moscou resume perfeitamente a mensagem de sacrifício da história em nome do amor.

Um Cavalheiro em Moscou: Está disponível para transmissão no Amazon prime Video

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights