Fallout: O Enclave, explicado

Com a segunda temporada da série Fallout da Amazon confirmada, é evidente que o Enclave terá um papel ampliado na trama.

Com a segunda temporada do programa de televisão Fallout da Amazon já confirmada, os fãs de videogame conquistaram uma importante vitória ao verem um de

seus jogos favoritos adaptado com tanto sucesso para as telas. O mundo pós-apocalíptico irradiado nuclear atraiu uma audiência massiva, com milhões de

telespectadores sintonizando-se para testemunhar os personagens amados, como Lucy e The Ghoul, a Brotherhood of Steel e outros, ganhando vida. No entanto,

mesmo após o término da primeira temporada, várias perguntas permanecem, especialmente em relação à identidade e ao papel do Enclave.

Com a confirmação da segunda temporada, Fallout agora se volta para o futuro, preparando-se para trazer mais emoções aos fãs. Embora New Vegas tenha sido

considerada como cenário para os próximos episódios, o perigo ainda espreita nos arredores do deserto, com o Enclave representando uma ameaça iminente. Para

compreender os desafios e as batalhas que aguardam nossos sobreviventes favoritos, é crucial examinar de perto esse grupo misterioso e especular sobre seu papel

na segunda temporada.

|  RELACIONADO:

Fallout: O que realmente aconteceu com a comunidade Shady Sands?

 

Quem é o Enclave?

Wilzig Lucy Filadélfia Fallout

Dentro do universo de Fallout , o Enclave emerge como um grupo paramilitar, comparável à Brotherhood of Steel . No entanto, ao contrário da Irmandade, o Enclave

é formado pelos remanescentes do antigo governo dos Estados Unidos. Originado do establishment pré-guerra dos EUA, o grupo evoluiu para uma ideologia de

elitismo e governo totalitário. Desafiando as leis pré-guerra e alegando continuar a missão de erradicar o comunismo, o Enclave cometeu crimes de guerra no

deserto, perpetrando atrocidades contra qualquer pessoa que não fosse membro do grupo.

otzads.net, 23104601857, DIRECT google.com, pub-9063486391387983, RESELLER, f08c47fec0942fa0

Adotando uma mistura de experimentação científica e motivação racial, o Enclave pregava a sobrevivência do mais apto. Além de experimentos, o grupo se envolveu

em escravidão e ataques contra cidadãos americanos, tudo em busca do que consideravam ser a verdadeira humanidade. O Enclave foi uma presença proeminente,

especialmente em Fallout 3 , onde se tornou uma das muitas facções encontradas pelo protagonista Vault em sua jornada em busca de seu pai. Eles se tornaram

inimigos jurados da Brotherhood of Steel e da NCR (New California Republic). Sua liderança era composta principalmente por figuras do antigo mundo financeiro,

empresarial e político, incluindo o último Presidente dos Estados Unidos.

O papel do Enclave na primeira temporada de Fallout, explicado

Embora não ocupe uma posição de destaque na primeira temporada, o Enclave desempenhou um papel significativo no desdobramento da série. Foi do

Enclave que emergiu o Dr. Siggi Wilzig, o cientista responsável por salvar a unidade canina CX404 e desenvolver a tecnologia almejada por todas as facções ao

longo da temporada. Após a descoberta de seus experimentos secretos, ele escapou do Enclave, ciente de que eles nunca poderiam reivindicar a tecnologia que

havia criado. Sua descoberta e as implicações de sua divulgação no Wasteland se tornarão um ponto crucial de entrada para a facção na próxima

temporada.

 

O Futuro do Enclave

Fallout Vault la

O desfecho do enredo da série permanece envolto em mistério, mas considerando a origem da tecnologia revolucionária apresentada na primeira temporada, é

seguro afirmar que o que resta do The Enclave certamente terá um impacto. Na linha do tempo da franquia, acreditava-se que o Enclave havia sido erradicado por

completo, com poucos remanescentes colaborando com traficantes de escravos e mercenários para recuperar tecnologia e ativos enquanto eram caçados pelo NCR e

pelos caçadores de recompensas, que os consideravam criminosos de guerra. No entanto, dada a localização do posto avançado de onde o Dr. Wilzig escapou, as

chances de sobrevivência desse grupo nunca foram tão altas. Pode ser que esses poucos sobreviventes do Enclave tenham conseguido montar um ressurgimento,

visando restaurar sua antiga glória antes da queda de sua organização.

Outro ponto a considerar sobre o Enclave é que parte de sua estrutura pré-guerra era composta por empresários e mulheres de negócios. Eles utilizaram sua imensa

riqueza e recursos para equipar o grupo com tecnologia avançada e se protegerem dos ataques nucleares. Dado o que foi revelado no episódio final do programa

sobre os principais executivos da América, não é improvável que esses mesmos executivos estivessem ligados ao Enclave, o que poderia incluir o pai de Lucy.

A busca de Lucy e The Ghoul por seu pai até New Vegas poderia levar a uma descoberta chocante: o ressurgimento do Enclave e a revelação de que as mesmas

pessoas que ajudaram a desencadear o apocalipse estão agora reconstruindo essa facção infame. Embora sejam apenas especulações, todos os indícios apontam para

o impacto significativo do Enclave na próxima temporada. Isso também proporcionaria à Maximus e à Irmandade um novo inimigo, pois as duas facções são

inimigas desde os tempos pós-apocalípticos. Com a Irmandade agora possuindo a tecnologia desenvolvida pelo Dr. Wilzig, incluindo a energia de fusão a frio, uma

batalha entre a Irmandade e o Enclave poderia aprofundar consideravelmente a trama de Maximus. De qualquer forma, os fãs de Fallout confiam que, se os

criadores do programa seguirem o mesmo padrão da primeira temporada, a tão esperada segunda temporada não irá desapontar.

 

|  RELACIONADO:

Fallout

 

A série de TV Fallout está disponível para transmissão no Amazon Prime Video

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights