O Diretor Grego Yorgos Lanthimos, Reconhecido por seu Estilo Muito Original, Traz Três Produções Concorrendo ao Oscar.

O diretor grego Yorgos Lanthimos ganhou destaque na indústria cinematográfica por seu estilo extremamente original. Suas produções, sempre inusitadas, provocam estranhamento no público

através de atuações frias e enigmáticas, uso de câmeras com lentes muito abertas e temas singulares que frequentemente criticam a sociedade.

Lanthimos iniciou sua carreira dirigindo comerciais para escolas de dança na Grécia. Seu primeiro filme, “Kinetta” (2005), marcou o início de uma trajetória marcante. Desde então, ele solidificou

seu nome com três filmes que concorreram ao Oscar: “Dente Canino” (2009), “O Lagosta” (2015) e “A Favorita” (2018).

| RELACIONADO:

Pobres Criaturas: Final Explicado – O Que Aconteceu com Bella Baxter e Qual Decisão Ela Tomou para Seu Futuro



Pensando nisso, separamos cinco filmes para você conhecer Yorgos Lanthimos. Confira:

Kinetta (2005)

A estreia de Yorgos Lanthimos na direção, “Kinetta” (2005), ocorreu no Festival Internacional de Cinema de Toronto. O filme narra a história de um hotel grego durante a baixa temporada, onde

trabalham uma camareira, um homem apaixonado por carros e um funcionário que tenta filmar brigas de um casal hospedado no local.

 

Dente Canino (2009)

“Dente Canino” (2009) pode causar grande estranhamento – e polêmica – entre o público ao retratar uma família na qual os três filhos não têm contato com o mundo exterior. Eles vivem

completamente isolados e, por não conhecerem nada além de sua casa, acreditam que aviões são brinquedos e chamam as flores de “zumbis”. A produção se desenrola em uma realidade

completamente distinta, o que lhe rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Internacional em 2011.

 

O Lagosta (2015)

Indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Original em 2017, “O Lagosta” (2015) é uma produção da A24, estrelando Colin Farrell e Rachel Weisz, que frequentemente colaboram nas obras de

Lanthimos. Ambientado em um futuro distópico, o filme retrata uma sociedade onde é proibido permanecer solteiro sob a ameaça de ser transformado em um animal. Antes disso, os indivíduos

têm a oportunidade de encontrar o amor em um hotel, onde têm um prazo de 45 dias para fazê-lo.

 

O Sacrifício do Cervo Sagrado (2017)

Com um clima de terror e uma fotografia fria, “O Sacrifício do Cervo Sagrado” (2017) narra a história de Steven (Colin Farrell), um cirurgião casado com Anna (Nicole Kidman) e pai de dois filhos,

que desfruta de uma vida tranquila e confortável. No entanto, tudo muda quando o jovem de 16 anos Martin (Barry Keoghan) entra em sua vida e o coloca diante de escolhas extremamente

difíceis.

 

A Favorita (2018)

Provavelmente o filme mais comercial de Yorgos Lanthimos, “A Favorita” (2018) apresenta um elenco de peso, com Emma Stone, Rachel Weisz e Olivia Colman. O longa de época retrata a

história de Sarah Churchill (Rachel Weisz), a principal conselheira e amante da Rainha Ana (Olivia Colman). No entanto, sua posição de favorita é ameaçada quando Abigail (Emma Stone) chega

ao palácio e aparentemente conquista a majestade.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by MonsterInsights